19 de jun de 2014

OS MITOS DA HOMEOPATIA





1) De uma forma geral, como age a homeopatia?
As substâncias homeopáticas tem o poder de acessar as memórias herdadas e as vividas pela pessoa, isto ocorre pelo fato de trabalharem com informação e não com produtos químicos em dose tóxica. No remédio homeopático temos a configuração energética do elemento químico, que atuará diretamente no mental, emocional e no corpo físico da pessoa. Também suas leis universais, baseadas em paradigmas científicos e não dogmas como muitos acreditam, se estendem a todos os reinos da natureza, tornando-a uma grande aliada na manutenção e harmonia de todas as formas de vida do planeta.

2) Os medicamentos homeopáticos são feitos a partir de plantas, minerais e vegetais?
Sim, alem de plantas, minerais e vegetais, qualquer substância é passível de ser homeopatizada, como produtos sintéticos e órgãos de humanos e de animais.
Algo muito importante de salientar é que para a fabricação da homeopatia não é necessário a destruição do ecossistema, apenas um grão do mineral chumbo é necessário para se fazer Plumbum metallicum podendo ser distribuído para vários milhões de seres humanos.

3) O que significa a dinamização?
O processo de dinamização ou sucção ou potencialização é o método a partir do qual consegue se extrair a energia de uma substância. Este método é simples mas altamente complexo ao mesmo tempo, pois necessitamos que princípios da química e da física evoluam para tentarmos entender certos fenômenos que ocorrem. Recentemente Luc Montagnier, ganhador do Prêmio Nobel de Medicina em 2008, teletransportou as informações de moléculas de DNA usando princípios homeopáticos. Anteriormente a ele, Jacques Benveniste já havia comprovado sobre a veracidade da memória da água, sendo na época desacreditado pelos outros cientistas. No remédio homeopático permanece a memória quântica e sua ação é muito próxima a nanotecnologia, embora de muito maior espectro. A medida que a ciência evolui, será impossível afastar-se das leis homeopáticas, que regem desde as micro as macro estruturas dos reinos e do universo.

4) Quais os principais benefícios da homeopatia?
Nos seres humanos o remédio homeopático promove uma limpeza em vários níveis, desde o mental, passando pelo emocional e chegando aos órgãos físicos. Este movimento de reorganização dos organismos é centrífugo, observado também nos demais reinos da natureza. Com o mental harmonizado, o indivíduo estará mais apto a levar uma vida com maior equilíbrio na convivência com a sua família, no seu trabalho e seus atos cotidianos estarão mais próximos das leis da natureza. Seu sistema imunológico  se fortalecerá, o que o tornará resistente as agressões do meio ambiente, como alimentação, ar, água e locais contaminados que geram inúmeras doenças. Levando em consideração de que todos temos pré disposições herdadas, se não estivermos atentos ao nosso dia a dia, os adoecimentos serão inevitáveis, pois as agressões do meio são muito fortes. A homeopatia estimula o sistema imunológico a reagir, cada pessoa dentro dos seus limites individuais tornando-o mais saudável e feliz.

5) Existe contra indicação, ou seja bebês, pessoas debilitadas e fazendo uso de remédios alopatas podem se tratar com a homeopatia?
Sim, todas as pessoas podem se tratar com homeopatia, mas o homeopata deve levar em consideração as peculiaridades individuais, se é bebê, gestante, adolescente, idoso, debilitado, se faz uso de remédios químicos, se possui próteses, se já fez cirurgias, histórico familiar, etc. Cada caso é um caso e sim, devemos ter cuidado com a auto medicação, pois o remédio promove reações do sistema imunológico de acordo com a constituição de cada um em particular. Portanto, deve-se conhecer o remédio e sua respectiva Matéria Médica, onde estão catalogados as informações específicas sobre cada remédio.

Eliete M M Fagundes – Professora convidada do Curso de Homeopatia da UFV



Nenhum comentário:

Postar um comentário